2 de junho de 2016

O primeiro passo para ser linda é se sentir bem


Quem não quer ser linda?
Fala sério, toda mulher quer ser linda, mesmo que não assuma.
O problema é que sempre procuramos essa beleza nos lugares errados. Eu demorei pra entender que a beleza não é só física, mas é mental também, e se na nossa mente não nos achamos bonitas, não adianta maquiagem e roupa bonita.O processo que me levou a entender isso foi (e ainda é) lento, e tive essa realização recentemente enquanto fazia yoga.
No começo eu me exercitava porque queria emagrecer, ficar com o corpo que todo mundo considera padrão de beleza, me livrar da pelanca do tchauzinho e finalmente ser linda e maravilhosa. Deu certo por um tempo, eu tinha um objetivo, estar mais bonita pra um evento, e eu perdi peso, tonifiquei e atingi boa parte dos objetivos. Mas depois do evento eu parei de me exercitar, e durante cerca de 2 anos eu ficava nessa de volta a se exercitar, depois de um tempo para, volta mais uma vez, e para de novo. Mesmo querendo muito ter um corpo “ideal” não conseguia achar a motivação da “musa fitness” para continuar.
E aí percebi que o que funciona pra ela, não funciona pra mim, que meu objetivo não podia ser modificar como o meu corpo aparentava, e sim mudar como o meu corpo se sentia.
O exercício é mais eficaz quando você foca nos benefícios para sua saúde e bem estar, e não fica vidrada na aparência. Fazer uma atividade física faz você se sentir bem, faz com que você conheça melhor seu corpo e descubra do que ele é capaz. Eu virei fã de me exercitar só quando desencanei com as questões estéticas do meu corpo e busquei melhorias na qualidade de vida, saúde e até mesmo rendimento nos estudos/trabalho.
Apesar de não ser (e nem ter a ambição de ser) uma musa fitness reuni algumas dicas que podem te ajudar a se exercitar, e a fazer isso regularmente, e dicas baratas e práticas pra quem não pode frequentar uma academia.
  1. Estabeleça uma meta diária pequena e com o tempo aumente um pouco: se você não tem o costume de se exercitar comece com 10 minutos e depois vai aumento com o passar do tempo, se você começar com muito tempo (tipo 1 hora) a chance de desistir em pouco dias é enorme.
  2. Descubra uma atividade que você goste: não adianta querer fazer musculação se você simplesmente odeia puxar ferro, é melhor encontrar um esporte ou talvez uma dança que combine mais com seu estilo.
  3. Use aplicativos de exercícios: hoje em dia existe uma infinidade de aplicativos que te ensinam a se exercitar em casa. O meu favorito disparado é o SWORKIT que traz quatro categorias de exercícios: força, cardio, yoga (dentro dessa categoria tem o pilates) e alongamento, onde você pode escolher qual parte do corpo quer trabalhar no momento e a duração do exercício. Ele é grátis e está disponível para Android eiPhone.
  4. Dance muito: dançar é divertido e exercita o corpo inteiro, e é impossível se sentir pra baixo depois de uma boa sessão de dança, uma dica é o aplicativo Just Dance Now que todos os dias disponibiliza algumas músicas gratuitamente para dançar, eu sou super fã e danço todos os dias, dá até pra aprender uns passos legais de dança 😉 é gratuito no Android e no iPhone.
Eu acredito que se você criar uma rotina de exercícios você vai melhorar sua saúde, se sentir mais feliz e se sentir linda como você já é! As mudanças no corpo são coisas que vão acontecendo aos poucos, mas não são as mais importantes. As mudanças no estilo de vida é que vão realmente mudar sua vida 😉
PS: as dicas foram baseadas nas minhas experiências com exercícios e aplicativos.
Ouça a música Pretty Hurts da Beyoncé -> https://www.youtube.com/watch?v=qM1dMkdWApA

Nenhum comentário:

Postar um comentário