21 de novembro de 2016

O que te aprisiona?



Ultimamente a aceitação do cabelo natural tem ganhado força.
E eu verdadeiramente acho isso maravilhoso!
Acredito que toda mulher tem que se sentir bem e linda deixando de lado os padrões chatíssimos da sociedade.
Mas, como todo movimento, vemos as vezes um lado não tão bacana.

Eu participo de diversos grupos na internet, muitas vezes nem interajo, mas adoro observar as interações entre as pessoas, suas opiniões e comportamentos. Acho que aprendo muito sobre o ser humano assim.
Mas com isso vi que muitas meninas saem de uma prisão para entrar em outra.

A fase da transição capilar, como é chamado o momento de transição do antigo cabelo com química para o cabelo natural, é muito difícil. Lidar com cabelo armado e duas texturas diferentes é muuuitooo difícil, irritante, e imagino como deve ser cansativo e desgastante esse processo. Mas para quem quer voltar pro natural é o único caminho, e acredito que é muito gratificante.
Mas do que adianta sair da escravidão da química pra passar pra escravidão dos cremes, e outros artifícios para modificar seus cachos?

Pelo que li existem diversos tipos de cachos, alguns com mais definição, outros que são mais largos, tudo depende da genética da pessoa.
Entretanto vejo várias meninas correndo atrás de ter aquele tipo de cacho que é extremamente definido, como várias blogueiras pioneiras do movimento tem.
E aí me pergunto, isso é liberdade?

Veja bem, eu não acho errado a busca pra ter um cabelo mais bonito, acho que todas as mulheres querem isso. Eu só acho ruim essa substituição de uma prisão pra outra.
Se você decidiu voltar pro seu cabelo natural aceite o seu cacho como é, ele é lindo sim! Mesmo que não seja igual ao da sua musa inspiradora.
Existem várias formas do cabelo cacheado ser lindo, e o seu natural mesmo sendo diferente tem sua beleza. Então não se sinta mal por ser diferente, lembre-se que você decidiu passar pela transição porque não aguentava mais ser prisioneira da química, não saia de uma prisão para entrar em outra, você é melhor do que isso.

Respire fundo e encontre a cada dia o que há de lindo e especial no seu cabelo, ame suas diferenças, respeite os seus limites, a beleza é muito mais do que a estética, é principalmente o seu bem estar e felicidade que te torna lindíssima!

A mensagem mais linda que esse movimento de aceitação capilar nos passa é que todo mundo é lindo mesmo que seja uma beleza diferente.
Então aceite sua beleza, quebre os padrões, nade contra a maré, seja livre!

Beijos :*

Nenhum comentário:

Postar um comentário