13 de fevereiro de 2017

Umas podem, outras não


Recentemente Beyoncé anunciou sua segunda gravidez, de gêmeos, e pra isso fez uma postagem mostrando sua barriguinha no instagram, e logo no dia seguinte publicou uma sessão de fotos mostrando toda sua beleza de mulher grávida.
Teorias da conspiração a parte, em uma das fotos Beyoncé aparece praticamente nua, expondo a barriga.
Esse tipo de foto está longe de ser novidade, Demi Moore começou a tendência mais de duas décadas atrás.
E em todos os lugares vimos Beyoncé ser coberta de elogios pela foto, mas quando Kim Kardashian estava grávida de seu segundo filho e postou uma foto similar os comentários não podiam ser mais diferentes.
A chamaram de tudo quanto é nome, que ela era vulgar, que queria aparecer e por aí vai.
E por que Beyoncé não leu nenhum comentário desse tipo? Por que o tratamento tão diferente?
O que eu vejo é uma certa separação entre as mulheres, as que são julgadas mais importantes, mais elegantes podem fazer de tudo sem serem criticadas, afinal estão apenas quebrando barreiras e mostrando que uma mulher pode fazer o que quiser. Já as que são julgadas inferiores são taxadas como ridículas, que não deveriam fazer isso por isso e por aquilo.

Agora vamos ao exemplo mais próximo: Anitta.
Cansei se ler comentários de pessoas reclamando de seus figurinos sensuais e julgando que ela só quer ser apelativa e quer chocar para chamar atenção, mas se comparar mais uma vez com Beyoncé, a grande estrela não lê esse tipo de comentário, ela está sempre linda e lacrando.
Mas por que????
Uma é considerada uma diva, estrela mais poderosa da música atualmente, já a outra é prata da casa, brasileira que ralou muito pra chegar onde chegou, e mesmo assim ainda é obrigada a ler que é vulgar, sendo que ela apenas segue a cartilha que tem sido escrita por estrelas da música há anos.

A verdade é que temos um longo caminho a percorrer pra conseguir entender que essas mulheres são iguais entre si e também iguais a nós. Que não devemos julgar as ações da pessoa baseadas em status social, nível de fama ou talento, e devemos tentar verdadeiramente romper com barreiras que fazem com que a gente acredite que algumas mulheres são superiores a outras, e que por isso são mais importantes.
Toda mulher tem suas falhas, comete erros, mas também todas tem seu lado bom, sua beleza, o que anda faltando é um pouquinho de empatia e de entender que o modo que uma mulher se veste ou tira fotos não diminui o seu valor, seja ela Beyoncé, Kim, Anitta ou aquela sua amiga que adora uma roupa curta.
Vamos parar um pouco de julgar outras mulheres e xinga-las disso e daquilo, e lembrar, como Tina Fey fala em Meninas Malvadas, que isso só autoriza os homens a usar o mesmo tipo de vocabulário conosco, por isso vamos nos empoderar mais e julgar menos ;)
Beijooos

Nenhum comentário:

Postar um comentário